/

Especialista em revestimentos e confecções personalizadas, Adornié Ambientes lança suas vitrines de inverno e aposta em tendências para a estação.

/

texto: Assessoria

foto: Marcelo Stammer

/

Com as temperaturas mais baixas e o calor dando espaços para um clima mais ameno, a decoração também fica diferente. Saem os tons mais quentes, e entram os mais sóbrios. Tecidos mais frios saem de cena, abrindo caminho para os mais felpudos e aconchegantes. Pegando carona nas mudanças, a Adornié Ambientes convidou 3 importantes escritórios de arquitetura de Curitiba para assinarem suas vitrines de inverno e apresentar as tendências para a estação. Abaixo eles falam um pouco sobre as tendências que vêm por aí.

 

Estilos

Já consagrado em outros anos, o vintage se mantém em alta neste outono / inverno. As referências étnicas e tribal também são tendência na estação e foram destaque nos projetos assinados pela arquiteta Eliana Cunha e pelo escritório Olesko & Lorusso, das arquitetas Luciana Olesko e Maria Fernanda Lorusso. “A combinação de características étnicas e tropicais trouxe ao ambiente um clima de aconchego e conforto. Nele usei estampas que remetem à natureza, um garden seat com detalhes em arabesco e um tapete em couro de vaca que complementaram perfeitamente o quarto de inverno que criei”, explica Eliana. O aparador com tampo de madeira e pés em laca traz um toque vintage ao ambiente, e combina perfeitamente com os detalhes em couro no enxoval. Já as arquitetas Luciana Olesko e Maria Fernanda Lorusso destacam a elegância do clássico para uma decoração de inverno, no entanto também acreditam que o étnico pode valorizar o ambiente.

 

Tecidos e Texturas:

Não apenas nas passarelas, mas também no universo decór, o veludo voltou com toda força nesta estação. Em suas mais diversas variações, o tecido vem sido apontado como tendência não só para revestimento de almofadas, sofás e poltronas, mas como para a cobertura de cabeceiras de camas. “As cabeceiras em veludo são aconchegantes e tem tudo a ver com o inverno”, diz Maria Fernanda Lorusso. As mantas feitas com o tecido também dão um acabamento incrível aos ambientes.

As texturas diferentes também são outra grande aposta da estação. “Os revestimentos de parede texturizados dão um charme especial à decoração. Se usados em corredores podem transformar o espaço em algo totalmente inusitado”.

 

Cores e tons:

As cores intensas tomam conta da estação. O verde musgo, o bordô, os tons amadeirados e as variações de azul são as apostas para o outono-inverno, e estão retratadas no conceito usado pelo arquiteto Edgard Corsi na vitrine que assina para a Adornié Ambientes. “Usamos uma paleta de cores primárias e intensas, criando um degradê do vermelho ao azul. Essas cores “brotam” do pufe em preto e branco, representando o nascimento das cores vivas a partir de uma paleta sóbria”, diz.

 


 

No ambiente assinado pelas arquitetas Luciana Olesko e Maria Fernanda Lorusso, da Olesko e Lorusso, o bordô é o tem predominante: tanto na parede, quanto na cama e no aparador, a cor traz uma sensação de acolhimento ao quarto do casal. Os detalhes étnicos, como o pendente sobre a mesa do quarto, o espelho na área de circulação, os vasos decorativos e o papel de parede de escamas dão um toque super especial e personalizado

 

 


 

A arquiteta Eliana Cunha mesclou verdes e azuis, com toques pontuais em vermelho para dar a cara do inverno para o quarto deste casal. A cabeceira em veludo aquece o ambiente e, junto c om o papel de parede, as cortinas e os detalhes em couro.